GOVERNO DA PARAIBA




> NOTÍCIA


Publicado em 24/10/2017 12h19

Após desgaste, Band decide parar com “Pânico” em dezembro

Ainda não há uma manifestação oficial das partes, mas naquilo que diz respeito à emissora não existe mais nenhum interesse em continuar com o produto após isso.

Ouça o áudio:  Após desgaste, Band decide parar com “Pânico” em dezembro

Imagem da internet

Data hoje, o “Pânico” vai até dezembro na Band. E fim.

Ainda não há uma manifestação oficial das partes, mas naquilo que diz respeito à emissora não existe mais nenhum interesse em continuar com o produto após  isso.

Hoje, considerado muito caro e longe de repetir os mesmos resultados do passado.

Existe o entendimento que as reposições processadas, nunca à mesma altura, contribuíram decisivamente  para o desgaste do programa ao longo dos tempos.

Por outro lado, não é segredo que os atrasos nos repasses de verbas de produção, responsabilidade da emissora, também diminuíram o seu poder de fogo.

Uma situação hoje colocada como irreversível.O assunto está sendo conduzido com muito cuidado porque há muita gente envolvida. Resta, no entanto, aguardar pelos próximos capítulos.

O UOL tentou contato com o apresentador Emílio Surita e a assessoria da Band, mas sem sucesso até o momento. Quando e se as partes manifestarem, a versão será incluída neste texto.

Fase de ouro na RedeTV!, mas nem tanto na Band

Depois da fase de ouro e do sucesso incontestável na RedeTV!, a turma do “Pânico” migrou para a TV Bandeirantes e estreou em segundo lugar, com 11 pontos de média na Grande São Paulo, em abril 2012.

Sob o comando de Emílio Surita, o humorístico foi considerado o de maior audiência e rentabilidade na emissora do Morumbi por um bom tempo. Não é mais.

A atração sofreu desgaste como todo programa de humor (como bem avaliou Mauricio Stycer), e mesmo numa tentativa de renovação, com a entrada de um novo diretor, não conseguiu reaver os bons índices antigos. No último domingo, por exemplo, “Pânico” marcou apenas 5,2 pontos de média.

Namorico com SBT

Em 2015, assim como quem não quer nada, o “Pânico” chegou a ser oferecido ao SBT em uma conversa direta com o vice da emissora, José Roberto Maciel, conforme adiantou esta mesma coluna na época. As negociações, no entanto, nunca foram adiante.

Todo mundo sabe que uma transação desse porte só é possível via Silvio Santos. Com o consentimento dele ou com ele à frente do assunto.

Fonte: Da internet
TAGS
    Nenhum resultado encontrado.
COMENTÁRIOS
Bookmark and Share
WhatsApp TV TSPB Rádio TSPB 100.5

Colunistas

Categorias

Facebook

Twitter

Vídeos

Parceiros

    Nenhum resultado encontrado.