Governo da Paraiba




> NOTÍCIA


Publicado em 13/08/2017 10h52

Após quatro derrotas seguidas, Botafogo-PB busca a reabilitação contra o líder CSA-AL, fora de casa

Com a sequência ruim, o belo caiu para a sexta colocação, com 14 pontos, e quer a vitória para tentar voltar ao G-4.

Ouça o áudio:  Após quatro derrotas seguidas, Botafogo-PB busca a reabilitação contra o líder CSA-AL, fora de casa

 
A palavra de ordem no Botafogo é reabilitação. Após quatro derrotas consecutivas, o Belo visita o CSA-AL, neste domingo (13), às 16h, no Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL), pela 12ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. Com a sequência ruim, o belo caiu para a sexta colocação, com 14 pontos, e quer a vitória para tentar voltar ao G-4. 


 

O Botafogo vai para o jogo após uma semana conturbada. Na terça-feira, cerca de 50 torcedores invadiram o Centro de Treinamento da Maravilha do Contorno para protestar contra a má fase da equipe. Quatro deles ainda invadiram o gramado para tirar satisfação com os jogadores, mas não ouve cenas de violência. No fim, o presidente Zezinho, o técnico Itamar Schülle, o lateral Alyson e o atacante Warley conversaram com os manifestantes e a paz voltou no CT.


 

Depois da manifestação, Itamar Schülle fechou os treinamentos de quarta e quinta-feira e não deu nenhuma informação de como a equipe entrará em campo diante do Azulão do Mutange. A única certeza é que o zagueiro Bruno Maia, suspenso, não entrará em campo. André Santos e Jonas brigam pela vaga. Caso o segundo seja o escolhido, ele fará sua estreia com a camisa botafoguense.


 

Na sexta-feira, logo após o elenco seguir viagem para Maceió, o clube oficializou a saída do lateral-direito Rafael Cruz. O curioso é que o atleta de 32 anos só passou 16 dias na Capital paraibana e atuou em apenas 45 minutos com a camisa do Alvinegro da Estrela Vermelha, na derrota para o Fortaleza, na última rodada da competição nacional.


 

CSA deve ter mudanças do time


 

O Centro Sportivo Alagoano segue na parte de cima da tabela, com 20 pontos, mas também está pressionado pela torcida, já que vem de três empates consecutivos, dois deles em casa. Até por isso, o técnico Ney da Matta, que já passou pelo Campinense em 2017, deve fazer algumas alterações no time.


 

O volante Boquita cumpriu suspensão e deve voltar ao time titular. O volante Marcos Antônio, que também atua como meia, e o 10 Daniel Costa também devem começar jogando. Há a possibilidade também do atacante equatoriano Daniel Angulo começar no banco. Caso isso aconteça, Michel volta a atuar como centroavante.


 

O CSA deve começar a partida com: Mota, Dick, Thales, Jorge Fellipe e Rafinha; Dawhan, Boquita, Edinho, Daniel Costa e Marcos Antônio (Daniel Angulo); Michel.
 

Fonte: Da Internet
TAGS
    Nenhum resultado encontrado.
COMENTÁRIOS
Bookmark and Share
WhatsApp TV TSPB Rádio TSPB 100.5

Colunistas

Categorias

Facebook

Twitter

Vídeos

Parceiros

    Nenhum resultado encontrado.