Banner setembro




> NOTÍCIA


Publicado em 24/10/2016 13h56

Mulher fica nua no Casos de Família e surpreende Christina Rocha; assista

Há seis anos no comando do Casos de Família, Christina Rocha não aguenta mais defender seu talk show das suspeitas de armação.

Ouça o áudio:  Mulher fica nua no Casos de Família e surpreende Christina Rocha; assista

Imagem da internet

 

 

 

Há seis anos no comando do Casos de Família, Christina Rocha não aguenta mais defender seu talk show das suspeitas de armação. A apresentadora nega ser barraqueira, mas se enfurece quando jornalistas desconfiam da veracidade das brigas entre parentes no vespertino do SBT. "Vocês [jornalistas] não veem nada de positivo, é impressionante. Nada. Agora, [quando falam] da Globo, podem colocar mulher pelada, vão falar que é lindo. Como é fácil falar do Casos de Família e de programa popular!", reclama ao Notícias da TV.

Na última sexta-feira, o programa Casos de Família teve cenas mais inusitadas que o normal. Christina Rocha entrevistava uma das convidadas quando esta resolveu levantar o vestido, deixando todos da plateia perplexos.

“Você tem que se arrumar. As velhas têm que se erguer, não é, gente? Não estão na lata de lixo, têm que se mostrar”, disse a mulher.

Então a apresentadora pediu para a plateia se ajoelhar, e a mulher levantou o vestido de novo. Christina então gritou: “Pera aí, deixa eu rezar. Perdão, Deus. Perdoe”, brincou.

Para participar do programa, os convidados (a maioria mora em favelas, segundo ela) devem assinar um documento em que negam ter ido a outras TVs. Entretanto, figurantes já apareceram inclusive no mesmo dia em outros programas, contando histórias diferentes, como aconteceu em janeiro de 2015, quando a mesma mulher fez barraco no SBT e no Você na TV, da RedeTV!

A apresentadora, no entanto, diz que casos como esse são isolados: "É uma minoria. Aconteceu três, quatro vezes desde que o programa existe. Isso não é problema nosso e me irrita. Os casos não são armados, são verdadeiros, não são falsos".

Armados ou não, os barracos dão certo. Desde que voltou a ser diário, a partir das 14h15, em março de 2014, o programa cresceu 66% no Ibope da Grande São Paulo. Saltou de 3,8 pontos para 6,3. No horário, enfrenta o quadro Patrulha do Consumidor, maior audiência do Programa da Tarde, mas não perdeu nenhuma vez para a Record nos últimos 30 dias. 

"Ainda bem que a gente ganha [da Record]. Se a gente dependesse de nota positiva da imprensa, a gente nem estaria mais no ar, eu estaria debaixo da ponte. Se tem um programa massacrado por vocês, é esse", critica.

O Casos de Família começou em 2004, com Regina Volpato. Na época, tinha menos barraco e era mais conversado. Em 2009, Silvio Santos mudou o perfil do programa, mais parecido com os telebarracos norte-americanos. Trocou o diretor e a apresentadora. Christina Rocha, famosa por programas populares como O Povo na TV (1981) e Aqui Agora (1991), saiu da "geladeira" para colocar fogo nas discussões no palco.

"Silvio queria mudar da água para o vinho, um programa mais interativo. Queria um programa mais quente, que desse mais audiência, que fosse mais a cara do SBT", explica a apresentadora.

Embora Christina Rocha enfrente os participantes no ar (chegou a expulsar um convidado que dizia bater na mulher e brigou com uma mulher que disse que o programa era uma 'baixaria'), a apresentadora rejeita o rótulo de barraqueira.

"Barraqueira para mim é uma pessoa que não dá bom dia para os outros, que a fama sobe à cabeça. Para mim, isso é ser barraqueira. Sou muito educada com todo mundo com quem convivo. Não mando qualquer um para a p... que pariu. Graças a Deus, não. Não sou nada barraqueira", afirma.

Fonte: Da internet
TAGS
    Nenhum resultado encontrado.
COMENTÁRIOS
Bookmark and Share
WhatsApp TV TSPB Rádio TSPB 100.5

Colunistas

    Nenhum resultado encontrado.

Categorias

Facebook

Twitter

Vídeos

Parceiros

    Nenhum resultado encontrado.