Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

O diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, alertou hoje que há ainda um “longo caminho pela frente” em relação à covid-19, afirmando que só nas últimas 24 horas foram reportados 106 mil novos casos. “É o maior número num único dia desde o início do surto. E quase dois terços desses casos foram relatados em apenas quatro países”, disse o responsável numa coletiva de imprensa ‘online’, a partir da sede da organização, em Genebra.

Tedros Adhanom Ghebreyesus disse que a OMS está especialmente preocupada com o aumento de casos em países de baixo ou médio rendimento, salientando depois a importância de garantir que os sistemas de saúde continuem a funcionar.

Na coletiva, o responsável destacou também que a covid-19, doença provocada por um novo coronavírus, não é a única crise que o mundo enfrenta, sendo outra a das alterações climáticas, dando como exemplo o ciclone Amphan, “dos maiores das últimas décadas” e que está atingindo a Índia e Bangladesh.

E numa perspectiva mais otimista disse que uma das lições que trouxe a covid-19 foi a de que “a saúde não é um custo, é um investimento”.

Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

um × 4 =