Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

O prefeito afastado de Bayeux, Berg Lima, afirmou ter recebido com “estranheza” decisão do Pleno do Tribunal de Justiça que o afastou cargo nessa quarta-feira (20) ao recebeu denúncia do Ministério Público. Ele explicou que sua defesa vai recorrer da decisão para garantir seu retorno ao cargo.

“Acredito, primeiramente em Deus, e com fé a gente vai retornar ao cargo e voltar as ações de combate ao coronavírus e tantas outras ações que estávamos desenvolvendo na Prefeitura de Bayeux”, disse.

Ele é acusado de desviar ou apropriar-se de rendas públicas em proveito próprio ou de terceiros. No voto, o relator do processo, desembargador Joás de Brito Pereira Filho, determinou o afastamento do gestor do cargo de prefeito.

Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

dois × cinco =