Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

O Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW), da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), recebeu da Epasa – Centrais Elétricas da Paraíba S/A, localizada no Distrito Industrial de João Pessoa, a doação de seis ventiladores pulmonares do tipo Servoventilador Carmel, com circuito adulto e pediátrico, da marca KTK.

Cada um dos equipamentos custa aproximadamente R$ 50 mil. Eles ão fundamentais para o tratamento de pacientes em estado grave por Covid-19. As tratativas com a empresa produtora independente de energia foram realizadas pela Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários (Prac) da UFPB, com apoio da superintendente do HULW Flávia Fernandes.

De acordo com o pró-reitor de extensão e assuntos comunitários, professor Orlando Villar, esta parceria é uma ajuda importante. “Tem muita gente que morre pela falta de um respirador”, afirma o gestor.

Nos casos graves, a Covid-19 produz um processo inflamatório no corpo do paciente, principalmente nos pulmões, causando pneumonia e prejudicando a capacidade respiratória, sendo necessário o suporte ventilatório. Diante dessa realidade, o professor Orlando Villar enaltece a iniciativa da Epasa em favor da saúde pública.

A carta de doação foi assinada pelo diretor-presidente da Epasa, José Ferreira Abdal Neto, “de forma definitiva, irrevogável e irretratável, sem quaisquer ônus ou encargos, para o hospital”.

De acordo com Abdal, a Epasa, proprietária das usinas termoelétricas Termonordeste e Termoparaíba, escolheu o HULW pela obrigação moral de ajudar a saúde pública, com base em um dos pilares dos valores da empresa, que é o respeito à vida e às pessoas, bem como pela longa relação de cooperação com a UFPB.

“A relação da Epasa com a UFPB é de quase dez anos, a mesma idade da Epasa”, explica o diretor-presidente, acrescentando que a UFPB sempre foi um celeiro onde a empresa busca seus técnicos e engenheiros, realiza parcerias para projetos de pesquisa e outras atividades de interesses mútuos.

O HULW possui, atualmente, 41 ventiladores pulmonares no total, conforme o superintendente em exercício do hospital, Ângelo Melo. Mas, no momento, 37 se encontram em uso e quatro equipamentos estão em assistência técnica especializada.

“Só que, com esta demanda, nós vamos ter necessidade de um uso muito maior, então, de fato, essas doações são muito importantes porque a gente abriu uma UTI somente para o Covid-19 e, só aí, a gente precisa ter uma demanda de ventiladores muito alta”, informa Ângelo Melo.

Segundo ele, essa UTI tem 14 leitos com ventiladores prontos para receber crianças e adolescentes com Covid-19. “Para se ter uma ideia, nossa UTI pediátrica tinha quatro leitos. A gente aumentou para 14″, conta.

O HULW é referência na Paraíba para atender casos suspeitos e confirmados de Covid-19 em crianças e adolescentes, sendo retaguarda para o Complexo Hospitalar Clementino Fraga, unidade de referência para internamentos no estado da Paraíba.

Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

5 × 3 =