Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

Cientistas e pesquisadores que atuam na área da saúde poderão se inscrever no edital que será lançado nesta segunda-feira (6) pelo governo da Paraíba. A iniciativa é para que esses profissionais possam apresentar propostas de enfrentamento à pandemia do coronavírus. As inscrições serão realizadas até às 18h, do dia 16 de abril de 2020. O proponente deverá realizar a sua inscrição online no link do site aqui. A informação foi anunciada pelo governador da Paraíba, João Azevêdo durante entrevista ao programa ‘Fala Governador’, na rádio Tabajara.

O projeto priorizará o monitoramento e análise para rápida implementação de programas que consigam dar efetividade às políticas de combate ao coronavírus. As inscrições ficarão abertas até 16 de abril e cada proposta não poderá ultrapassar o orçamento de R$ 100 mil. Desenvolvimento de produtos antivirais, aplicativos, entre outros são o foco do edital.

De acordo com João Azevêdo, a iniciativa é para acelerar as medidas implementadas de apoio a prevenção e tratamento da doença. O chefe de estado ainda destacou que o momento requer consciência da população e criticou quem insiste em descumprir as medidas de isolamento determinadas por meio de decreto desde o último dia 17 de março.

“Se precisarmos endurecer as regras para evitar aglomerações o faremos. As pessoas já sabem que só é para sair de casa se for uma urgência. As pessoas tem que entender que quarentena não é férias. As medidas já adotadas pelos decretos do governo perpassam ações nas áreas economicas e sociais. A dimensão dessa pandemia preocupa pela suas consequências e estamos fazendo tudo que é possível para diminuir os impactos da doença”, explicou.

Ainda segundo o gestor, diversas parcerias já foram feitas para garantir o fornecimento de produtos de assépsia e equipamentos hospitalares para o estado. “Fizemos parceria com o Sindálcool que está nos fornecendo álcool 70% para que não falte nos hospitais e nas instituições. Além do apoio das usinas produtoras, ao mesmo tempo fechamos com o Consórcio Nordeste mais 66 respiradores que chegam hoje. Iremos adquirir os monitores multiparametros para cada UTI para que possamos montar uma estrutura completa para as demandas de tratamento à doença.”

Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

1 × 4 =