Maternidade Frei Damião adota medidas para a prevenção e combate ao Coranavírus

0
14
Compartilhe

A maternidade Frei Damião, que integra a rede hospitalar do Estado adotou uma série de ações e medidas de prevenção e combate ao Coronavírus considerando o Decreto Estadual n2 40.136 de 22/03/2020 que dispõe sobre a adoção, no âmbito da Administração Pública direta e indireta, de regime de trabalho remoto, em razão das medidas temporárias e emergenciais de prevenção de contágio pelo COVID-19 (Novo Coronavírus)

Entre as determinações tomadas pela direção da unidade de saúde estão: Implantação do Ambulatório de Saúde do Trabalhador; Desativação da Enfermaria de Extensão. Os serviços de Teste do Pezinho e Sala de Imunização sejam remanejados para o Ambulatório e o Núcleo de Segurança, o Serviço de Controle de Infecção Hospitalar e o Núcleo de Epidemiologia Hospitalar, foram remanejados para o setor administrativo (Sala de Gerência de Enfermagem e de Ações Estratégicas).

A direção também determinou o  Uso obrigatório de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) por todos os setores e profissionais, conforme Nota Técnica da Anvisa; Suspensão das Cirurgias Eletivas; suspensão dos atendimentos do Ambulatório, exceto do Pré Natal de Alto Risco e Egresso de RN; Suspensão das visitas as enfermarias, unidades de terapia intensiva adulto e neonatal (UTI-a, UTIN), unidade de cuidados intermediários (UCINco), Canguru (UCINca) e Centro Obstétrico, exceto, a entrada do pai logo após o nascimento.

Também foi suspensa a presença do acompanhante em Centro Cirúrgico, dos atendimentos na modalidade ambulatorial dos serviços de fonoaudiologia, ginecologia, planejamento familiar e ultrassonografia sendo este último vai funcionar na modalidade urgência das 9h às 13h, sete dias da semana.

A direção também determinou o remanejamento das Equipes (todos os profissionais) dos serviços suspensos (Planejamento familiar e Ginecologia como também dos profissionais que estão gozando férias no período de 24/03/2020 e 03/04/2020 (sujeito a alterações) e liberou os servidores do setor administrativo do grupo de risco (idoso e doenças crônicas) para trabalho “home office”, e rodízio para os demais servidores.

A Maternidade orienta ainda aos profissionais que estiverem com suspeita do Covid-19, apresentando sintomas leves ou moderados, deverão procurar os serviços da rede assistencial. Caso esteja em horário de plantão/serviço, deverá procurar o Médico do Trabalho, no Auditório, e procurar o Núcleo de Epidemiologia Hospitalar da unidade de saúde. “ Como podem ver, as medidas administrativas já vêm sendo tomadas, e tenho certeza que sairemos dessa pandemia mais fortes e unido”, destacou a diretora geral da maternidade, Selda Gomes.

Ela explicou ainda que o uso de EPI é obrigatório para todos os servidores, “ e não abriremos mão, pois infelizmente ainda é comum ver muitos profissionais de saúde que não usam EPI com deveriam. “ Acredite, uma das maiores dificuldades do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH) é implantar a técnica correta de lavagem de mãos. Ainda presenciamos a não adesão à um procedimento simples, e tão importante como é a higienização das mãos e o uso de adornos em ambiente hospitalar”, finalizou a diretora.


Compartilhe

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui